Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
aliciavieira5

Estudantes Irão à Escola Sem Terminar O Ensino Médio

Assume O Vice-governador Dorgival Terceiro Neto


Valter Fonseca dos Santos, de quarenta e um anos, vai trocar as ruas por um emprego. O sonho que dura 16 anos será possível por causa de passou em 1º lugar no Concurso Público da Prefeitura de Patos de Minas para o Cargo de Coveiro. Ele disputou as três vagas abertas com outras vinte e um pessoas. O primeiro investimento do novo funcionário público será pra alugar uma casa para residir.


Há 16 anos Valter dos Santos saiu de Ilhéus/BA para tentar a sorte pela cidade mineira, contudo a inexistência de emprego e oportunidade acabou fazendo com que o sonho fosse adiado. “Nasci numa favela, num lugar onde brigas e crimes eram frequentes. Porém nunca quis isso pra minha vida e após ter uma decepção amorosa não pensei duas vezes em ir apesar de que.


Um famoso disse de Patos de Minas e eu tentei a sorte, contudo foi tudo bem contrário do que eu pensava”, lembrou. Ele disse que no começo chegou a trabalhar numa lavoura de tomates pra assegurar no mínimo o sustento, no entanto logo que a safra finalizou, ele foi para a estrada. “Passei por muito preconceito, tanto pela circunstância de avenida que eu me encontrava como também pela minha cor. Muitas vezes fui abordado na polícia, perseguido e agredido por populares. Até o colchão que usava pra dormir foi queimado.


A vida nas ruas não é nada fácil”, considerou. O morador de via mostrou que o episódio de não ter endereço físico causou imensos empecilhos na busca de um emprego fixo. A Depressão Na Pós-graduação é Um Tabu, Diz Pesquisador Da UFRN , diversas vezes a forma de conseguir sobreviver foi fazendo “bicos”. Valter descreveu que olhava os veículos nas ruas, fazia serviço de servente e limpava quintais. 2,00, todavia isto neste instante o ajudava a adquirir alguma coisa pra consumir. Mesmo na circunstância custoso, nunca deixou a fé de lado e a todo o momento que podia frequentava um centro espírita da cidade, aonde chegou até a terminar os estudos a respeito da doutrina. Pela passagem pelas ruas, conheceu o Centro de Fonte Especializado de Assistência Social (CREAS).



  • Admiração Para Retirar Mau Vizinho

  • dezesseis "A Batalha de Brady"

  • Consegui me comunicar


  • 53 Projeto Manutenção, o retorno - Hora de Wikificar

  • 73 "Dólares e Viôlencia Sem Sentido"

  • 10 Ley Luke

  • vinte e dois Clássico dos Milhões

  • Universo s/a



E foi por meio da diretora de proteção social especial, Maria Augusta de Lacerda Ferreira, que veio a ideia de fazer o concurso. Este “mestrado” Não Necessita de Graduação E Nem sequer Diploma De Ensino Médio edital foi apresentado em maio deste ano. “Maria Augusta foi quem me apresentou o CREAS e tentou por diversas vezes conquistar um emprego para mim. Sem sucesso, logo que o edital foi divulgado ela me incentivou a participar da concorrência.


Eu pensava que não Como Preparar-se Pros Concursos Do CESPE/UnB , mas com o suporte que recebi resolvi tentar”, contou. Depois da inscrição, a rotina mudou e os livros e utensílios preparatórios ganharam espaço na vida dele. Inscrições Abertas Pra Mestrado E Doutorado prontamente tinha o ensino médio, optou na vaga de coveiro, profissão que sempre chamou a atenção. “Eu tive que me dispensar muito.


Estudava nos bancos da praça ou em qualquer ambiente que eu estava. Ao menos 4 vezes no dia eu pegava nos livros e nos aparato que a Maria Augusta conseguiu pra que eu estudasse. Lembro que ela me exigiu, ‘em troca da ajuda’ o 1º lugar do concurso e foi isto que ocorreu. Tive 4 meses para me preparar”, considerou.


Nessa terça-feira, 08 de dezembro, foi divulgado o consequência definitivo da prova direta, e Valter dos Santos não se cansa de visualizar o nome no topo da classificação. O cargo que ele pleiteava tinha vinte e um candidatos cadastrados para três vagas, quer dizer, 07 candidatos por vaga. “De trinta pontos eu tirei 26. Eu não esperava deste modo, uma vez que achava que os excessivo candidatos eram mais capacitados que eu. Essa não é uma conquista só minha, tive a assistência de Deus e do pessoal do Creas, que ‘pegou no meu pé’, ‘puxou minha orelha’ e me fez confiar em algo que talvez nem sequer eu mesmo tinha crença”, citou.


805,18, mais proveitos como vale-alimentação, vale transporte e plano de saúde. “A primeira coisa que irei fazer com meu salário é alugar uma residência para viver. Tive a oportunidade e irei aproveitá-la bem. Almejo ainda desenvolver uma família e ser feliz, em razão de não há dúvida que eu mereço”, concluiu. Maria Augusta foi quem incentivou Valter Fonseca na caminhada sentido ao serviço público.


Ela contou que descobriu o morador de avenida em uma das rondas do Creas - Unidade Pública da Política de Assistência Social onde são atendidas famílias e pessoas que estão em ocorrência de traço social ou tiveram seus direitos violados. Ela descreveu que o convidou para ver o Creas e, a partir daí, tiveram um contato profissional maior.


Tags: para ver acesse

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl